Jan 14, 2012
26 Views
0 0

Apocalipse Now?

Written by

Aproveitando uma sexta-feira 13, um dia místico e de azar para alguns, resolvi escrever esse artigo sobre o dia 21/12/12 – o último dia da Humanidade, segundo algumas interpretações pessimistas dos Maias.
Há alguns anos, venho acompanhando os desdobramentos dessa profecia. Li alguns artigos científicos sobre o tema e livros de ficção, criando assim a minha visão dos “fatos”.
Para os que não estão familiarizados com o tema (o que eu particularmente acho impossível), existem há alguns anos rumores de que o planeta e seus habitantes poderiam sofrer uma transformação positiva física ou espiritual e que 2012 poderia marcar o início de uma nova era. Outros sugerem que o ano de 2012 marca a data final do mundo ou o início de uma catástrofe semelhante. Teorias para o fim do mundo incluem a colisão da Terra com um planeta de passagem – Nibiru ou com um buraco negro, ou a chegada do próximo máximo solar, período em que a atividade do Sol é máxima e explosões de plasma podem atingir a Terra.
Estudiosos de diversas áreas têm rejeitado a idéia de que uma catástrofe ocorrerá em 2012. Os principais estudiosos dos maias afirmam que previsões de morte iminente não são encontradas em qualquer um dos clássicos códices maias e que a ideia de que o calendário de contagem longa “termina” em 2012 deturpa a história maia. Os maias modernos não consideram a data significativa e as fontes clássicas sobre o tema são escassas e contraditórias, sugerindo que houve pouco ou nenhum consenso universal entre eles sobre o que a data pode significar.

A NASA rejeita as previsões apocalípticas afirmando que os eventos previstos são desmentidos por simples observações astronômicas e tem comparado os medos em relação ao ano de 2012 com o fenômeno “Bug do milênio” no final da década de 1990, sugerindo que uma adequada análise dos fatos pode impedir temores de um desastre. A ideia de um evento mundial que ocorreria em 2012, baseado em qualquer tipo de interpretação do calendário Maia de contagem longa, é rejeitada e considerada como pseudociência pela comunidade científica internacional. O calendário de contagem longa é apenas um entre os vários que os Maias usavam. Assim como os nossos meses, anos e séculos, ele se estrutura em unidades de tempo cada vez maiores. Cada 20 dias formam um “mês”, ou uinal. Cada 18 uinals, 1 tun, ou “ano”, cada 20 tuns faziam um katun e assim sucessivamente. Enquanto o nosso sistema de contagem de séculos não leva a um fim, o calendário de contagem longa dos Maias dura cerca de 5.200 anos e se encerra na data 13.0.0.0.0, que para muitos estudiosos (não há um consenso a respeito) corresponde ao nosso 21/12/2012. Isso não significa que eles esperassem pelo fim do mundo naquele dia, apenas que aquele ciclo terminaria.

Agora, vamos nos inspirar nos filmes sobre o tema. Se você fosse o presidente de um país qualquer e tivesse conhecimento sobre este fato específico, o que faria? Vamos lembrar de Armagedom(1998), Impacto Profundo(1998) e 2012(2011) onde a atitude dos “presidentes” foi sempre a mesma: negar até o último minuto. Acredito que seria o que qualquer um faria no lugar deles. Sempre que penso no tema, lembro de uma música que ouvi há uns 10 anos atrás, na voz de Paula Toller, que me fez pensar no assunto – “E o mundo não se acabou” (de Assis Valente – 1938):

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=bLEhVIp1X3c’]

“Anunciaram e garantiram que o mundo ia se acabar
Por causa disso a minha gente lá de casa começou a rezar
E até disseram que o sol ia nascer antes da madrugada
Por causa disso nessa noite lá no morro não se fez batucada

Acreditei nessa conversa mole
Pensei que o mundo ia se acabar
E fui tratando de me despedir
E sem demora fui tratando de aproveitar

Beijei na boca de quem não devia
Peguei na mão de quem não conhecia
Dancei um samba em traje de maiô
E o tal do mundo não se acabou

Chamei um gajo com quem não me dava
E perdoei a sua ingratidão
E festejando o acontecimento
Gastei com ele mais de quinhentão
Agora eu soube que o gajo anda
Dizendo coisa que não se passou
Ih, vai ter barulho e vai ter confusão
Porque o mundo não se acabou”

Quase morri de rir quando vi a nova propaganda do Banco Itaú falando que o mundo não vai acabar. Será que eles estão com medo? 🙂 Já parou pra pensar se as pessoas acreditam mesmo nisso e começam a fazer empréstimos, usar o cartão de crédito, tirar o dinheiro do banco? Os bancos quebram, a economia entra em colapso e o mundo realmente acaba. 🙂

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=F0t273iNVa0′]

Por que o mundo pode acabar em 2012?

1. Uma das teorias diz respeito ao aumento da atividade sísmica na Terra, o que terminará com a erupção simultânea de vários vulcões pelo mundo.

2. Calendário Maia – Segundo algumas interpretações, o fim do calendário significa o fim do mundo.

3. Choque da Terra com o planeta Nibiru (visualizado como um ponto azul no céu) após o alinhamento da Terra com centro da galáxia. Outro cenário sugere que, em 21/12/2012, o Sol, ao nascer, estaria alinhado com o plano da Via-Láctea, o que faria com que a Terra , nessa posição, receberia algum tipo de irradiação misteriosa vinda do centro da galáxia.

4. Inversão dos pólos magnéticos da Terra e aumento da atividade solar – Como no filme O Núcleo – Missão ao Centro da Terra (2003), o enfraquecimento do campo magnético da Terra significaria exposição aos raios cósmicos e a radiação proveniente do Sol.

5. Profecia Hopi – Os Hopi são uma tribo milenar que habitam o noroeste do estado do Arizona, Estados Unidos, que apareceram na mídia recentemente anunciando que entramos no fim dos tempos. Acredita? Acho que alguém na Noruega acredita. 🙂

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=LjQhF1af8RQ’]

6. Robô da Web – São programas que buscam na Internet as palavras mais comuns e fazem previsões futuras baseadas nessas palavras por meio de um algoritmo matemático. Segundo tais programas, não há atividade na rede após 21/12/12. E se não há atividade na Internet… Será?

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=32aQTZZ0i5o’]

Por que o mundo não vai acabar em 2012?
  1. Meu filho nasce esse ano.
  2. Ainda tenho 3 continentes para conhecer.
  3. Tenho que aproveitar os feriados na Copa de 2014.
  4. Tenho que assistir os Jogos Olímpicos de 2016.
  5. Não existe PacMan 🙂
  6. E por fim…PORQUE EU NÃO QUERO!

Sempre brinco com meus alunos(as) sobre 2012, dizendo que se o mundo acabar mesmo eles terminariam encalhados(as) 🙂 .Mas, na verdade, não acho que o fim esteja tão próximo assim, embora a Humanidade esteja indo nessa direção com suas ações (desmatamento, poluição, guerras, violência, intolerância, dentre outros). E parafraseando Rita Lee, em Perto do Fogo (Bossa´n Roll)

“Eu tava aqui pensando
No ano de 2020, como será que vai estar o Brasil?
Será que vai ter florestas? Pelo menos uma?
Será que vai ter um índio? Dois? Uma tribozinha?
Será que vão sobreviver? 
Será que a gente aguenta?
De repente os trombadinhas crescem e viram políticos, né?
Que pena! O Brasil tão bonito, país doido esse…
Vai ser tudo igual, tudo tudo igual…”

 [poll id=”22″]

Article Categories:
Cotidiano

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *