Jan 14, 2014
47 Views
0 0

Cálculo do Imposto de Renda 2014

Written by

Saiba quanto você vai pagar de Imposto de Renda em 2014, com a correção da tabela. Digite seu salário e descubra o tamanho da mordida do Leão! Saiba também quanto você pagaria se a tabela fosse corrigida corretamente com a inflação.

irpf

As regras do Imposto de Renda 2014 ainda não foram totalmente divulgadas pela Receita Federal, mas alguns detalhes já foram divulgados. A tabela para pessoas físicas, por exemplo, será corrigida em 4,5%, enquanto a inflação oficial no período foi de 5,8%. Isso deverá aumentar o número de contribuintes que deverão declarar o IR em 2014, já que o limite de rendimento mensal para ser isento subirá menos do que a inflação.

DECLARACAO

Sem mais demora, aqui está o que VOCÊ realmente queria, certo? A tabela do IR 2014 sem deduções, apenas com o imposto sobre o salário bruto. Coloque seu salário mensal e veja quanto a Receita Federal irá “pegar”, digo recolher, este ano de você.

Lembre-se que uma parte deste valor, você já pagou, deduzida de seu salário na fonte – é aquele valor que está no seu contracheque, como IR. As faixas para este ano, corrigidas em 4,5%, ficaram assim:

  • Isento: até R$ 1.787,77 por mês;
  • Alíquota de 7,5% : de R$ 1.787,78 até R$ 2.679,29;
  • Alíquota de 15%: de R$ 2.679,30 até R$ 3.572,43;
  • Alíquota de 22,5%: de R$ 3.572,44 até R$ 4.463,81;
  • Alíquota de 27,5%: acima de R$ 4.463,81

Em 2011, nosso ex-presidente molusco publicou uma lei definindo que, em vez de atualizar a tabela somente para um ano, ela seria atualizada para os anos subsequentes, até 2015. Ele projetou uma inflação de 4,5% em todos os anos. Olha, que esperto. Assim, se ficasse acima disso, e ele sabia que ficaria, quem se ferra é você. Afinal, teríamos Copa do Mundo e Olimpíadas e sabe como é… Ele tinha que garantir a “farra com dinheiro público”, não é?  O formato de correção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física utilizada pelo governo federal, com reajustes menores do que a inflação registrada no país, tem contribuído para aumentar o número de pessoas físicas que são tributadas pelo Imposto de Renda e que, consequentemente, são obrigadas a entregar, anualmente, a declaração de ajuste anual do IR. É mais ou menos assim. Desde 2011, eles te roubam sobre o seu salário e ainda roubam sobre o roubo. Confuso? Sorria, você está sendo duplamente roubado! Segundo cálculos do SINDFISCO, a tabela do IR deveria ser reajustada em 54,10% neste ano para incorporar a inflação no período de 1996 a 2013. Se essa correção fosse aplicada, a faixa de isenção seria de R$ 2.754,95 por mês na declaração do IR 2014, e não de R$ 1.787,77. É imoral! A tabela do IR não deveria sequer ser atrelada a qualquer índice inflacionário, mas sim ao rendimento médio do trabalhador assalariado e incluir deduções como aluguéis e juros das parcelas da casa própria. Ao invés disso, as deduçoes individuais de despesas com Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e Superior ( Graduação e Pós-Graduação) tem o limite de até R$ 3.230,46 na declaração de IR deste ano. Curtiu? Curte aí, vai!

inndignados

A Receita Federal lembra que os contribuintes podem optar por dois modelos na entrega do documento em 2014: o simplificado ou o completo. A regra para fazer a declaração simplificada continua a mesma, ou seja, embute um desconto de 20% na renda tributável. Este abatimento substitui todas as deduções legais da declaração completa. No IR de 2014, o limite do desconto deverá ser de R$ 15.197,02. No caso da dedução por dependentes, possível apenas por meio da declaração completa, o valor deverá subir para até R$ 2.063,64. Para despesas médicas, as deduções continuam sem limite máximo e podem ser deduzidos pagamentos a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, além de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias. Você pode deduzir a COLONOSCOPIA que a Receita fará em você! Quer dizer… Você tem plano de saúde? Pois acho que a colonoscopia não está coberta pelo SUS.

imposto_de_renda_20110301_1149322028

Quer ser roubado com classe? Temos novidades! Este ano, os contribuintes que pagaram pelo menos R$100,00 por um Certificado Digital, cerca de um milhão de trabalhadores até o momento, poderão ter a declaração pré-preenchida  com os dados que a Receita Federal já tem. Por que não fazer isso com todos, já que ela sabe quanto recebeu? Mistérios… Mas, se você é VIP mesmo, pode fazer a declaração pelo seu Iphone ou Android. Não é legal? Você baixa os aplicativos no seu telefone e já faz a declaração. Rápido e prático. É a Receita cuidando de você! Você nem terminou de ler e já correu pra Apple Store?  Isso era sarcasmo, deixa de ser “mané”!

tn_311_600_imposto_de_renda_0304!

E agora, para fechar o artigo com “chave de ouro”, enquanto você faz os cálculos e inventa deduções para reduzir o confisco, eu fiz outra tabelinha para você comparar com uma situação hipotética. Imagine, que em um universo paralelo, alguém na Presidência tivesse vergonha na cara e definisse a correção de 54,1% da tabela, conforme a inflação de 1996 a 2013. Dê uma olhada em QUANTO VOCÊ DEVERIA ESTAR PAGANDO DE IMPOSTO NESTE CASO E COMPARE.

EM 2013, TERMINAMOS COM R$1,7 TRILHÃO E A PREVISÃO DE 2014 É DE R$1,85 TRILHÃO EM IMPOSTOS!

PENSE NISSO E COMPARTILHE!

imposto-de-renda-2012-020512-amarildo-humor-politico

LEIA TAMBÉM:

A verdade sobre Anita e as Poderosas

Você confia nesta Urna?

Era uma vez um País das Maravilhas

Article Categories:
A Política

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *