Sep 21, 2006
130 Views
0 0

Deputados Distritais

Written by

Me perguntaram outro dia se eu já tinha escolhido meu candidato a deputado distrital e eu disse que sim. Me perguntaram se seria um determinado canditado e eu disse não. Disse não por motivos óbvios. Um cargo na Câmara Legislativa não é um emprego fácil de 4 anos com um salário alto e verbas de gabinete maiores ainda, é um compromisso com a população, uma preocupação constante em aprovar medidas que melhorem a vida da população. Tá bom, não é o que vem ocorrendo. Certo, certo, nunca ocorreu. Mas, pelo menos, em teoria é o que deveria acontecer. Por isso, peço ao leitor desse artigo que não vote em qualquer um. Não vote em um amigo que vai te ajudar ou te dar alguma vantagem, vote em quem você sabe, ou pelo menos acredita, que fará algo pela população, que tenha uma proposta sólida. “Mas como vou saber se o candidato tem uma proposta concreta?”. Essa é uma ótima pergunta. Minha escolha foi pautada em uma pessoa que tem um trabalho comunitario em uma comunidade carente e que faz isso há uns 15 anos. Acho engraçado a “cara-de-pau” de alguns apresentadores de TV, como Monica Nóbrega, Geraldo Naves e aquele cara que sempre aparece no ano anterior às eleições com um programa para “ajudar” a população. Primeiro foi o “De olho no trânsito” e agora além desse tinha o “Direito do Consumidor” ou qualquer coisa parecida. O que me assusta é que eles ainda conseguem votos de alguns eleitores humildes e pouco esclarecidos.
Pense bem, reflita, valorize seu voto e o de sua família. Ajude a esclarecer, oriente seus familiares, principalmente os mais velhos e menos escolarizados, que tendem a cair nessas armadilhas eleitorais. Você faz a diferença!

Article Tags:
Article Categories:
A Política

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *