Aug 23, 2013
136 Views
0 0

Importação de Médicos do Exterior: FALÁCIA

Written by

Agora, vamos importar médicos de Cuba, Portugal, Espanha, Argentina, Chile, Peru e Paraguai? Tenha dó! E estes super médicos que falam espanhol vão fazer o que no interior? Junto com eles, o PT também pretende fazer os investimentos que a saúde precisa? Ou vão só colocá-los lá, onde ninguém quer ir, não apenas pelo salário mas pela ausência de recursos para exercer a Medicina? Essa IncomPTência me revolta.

E assim, em mais um ato desastroso do PT e dessa ameba maluca, essa samambaia incomPTente, que você provavelmente colocou na Presidência, a população brasileira vê os impostos descerem pelo ralo. Antes de “ajudar” os desafortunados da América Latina e Europa, devíamos ajudar os brasileiros de todo o Brasil. O BRASIL NÃO PRECISA DE ESTÁDIOS. PRECISA DE HOSPITAIS BEM EQUIPADOS!

Eu estive em Cuba em 2010 e ao tentar evitar que um espanhol desastrado caísse no mar com um cilindro, acabei com um inchaço na costela. Não consegui dormir com dificuldades para respirar e fui parar na Clinica Mayo, em Havana, pagando 100 pesos convertidos de consulta (mais de 200 dólares) e só consegui uma injeção, duas caixas de Ibuprofeno e um Raio-X (que guardo de recordação). Ressonância? Sem chance. E estou falando de um hospital privado. Cuba não tem medicamentos, graças ao embargo, tampouco equipamento. O que diferencia a medicina cubana é a PREVENÇÃO. O que você vê no hospital normalmente é algum tipo de acidente: corte, queda, dentre outros, ou seja, casos de emergência. Havana tem uma linda arquitetura, mas alguns prédios habitados deveriam ser demolidos. Esgoto a céu aberto e outras características comuns no Norte e Nordeste do Brasil, estão nas ruas de Havana. Ótimo lugar para mergulho e ensaios da Nanda Costa para a Playboy, mas a desigualdade entre cubanos e estrangeiros lá é comparável com a de ricos e pobres aqui. Não é porque um médico cubano possa fazer uma traqueostomia com uma caneta BIC para salvar uma vida, por não ter recursos, que eu vá querer me tratar com um. Agora, e Portugal e Espanha? Estão no fundo do poço da Europa. Não mudamos para a Europa, simplesmente pelo fato de que Itália, Espanha, Portugal, dentre outros, estarem em sérias dificuldades. Eles estão vindo para cá, fugindo do desemprego e da recessão. Os espanhóis e portugueses compraram quase toda a rede hoteleira de alto padrão do Nordeste e agora, os que não venderam e estavam construindo, abandonaram as construções. Os hóteis de luxo em Canoa Quebrada, de europeus, não saíram do papel.

Agora, vamos importar médicos de Cuba, Portugal, Espanha, Argentina, Chile, Peru e Paraguai?  Tenha dó! E estes super médicos que falam espanhol vão fazer o que no interior? Não esqueça que NENHUM PAÍS do continente americano fala Português, além do Brasil. Junto com estes estrangeiros, o PT também pretende fazer agora os investimentos que a saúde precisa? Ou vão só colocá-los lá, onde ninguém quer ir, não apenas pelo salário, mas pela ausência de recursos para exercer a Medicina? Essa IncomPTência me revolta.

Veja a entrevista e pense, reflita.

“Um povo que não conhece a sua História está condenado a repeti-la”

Eduardo Bueno

[poll id=”28″]

Outros vídeos para relembrar…

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=EM361_A3n2o’]

Article Categories:
América Latina · Saúde

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *