Oct 25, 2010
246 Views
0 0

Minha história com o Parapente

Written by

 

Minha história com o parapente começou com um o vôo suicida, numa quarta-feira de agosto de 2006, quando decolei da rampa, sozinho, sem ter a perfeita noção de como aquela “aeronave” funcionava. Tinha apenas o conhecimento das apostilas baixadas na Internet e 3 semanas de observação de pilotos decolando do Vale do Paranã. Hoje, vejo que a atitude, além de ABSOLUTAMENTE IRRESPONSÁVEL, foi SUICIDA, pois a condição nesta época do ano é para pilotos experientes em virtude da existência de térmicas (que me tiraram do chão no episódio) e pelo fato de não ter levado ninguém para ajudar. Atitude destemida? Não. Estúpida. Insanidade Total. Em 2010, após 6 meses de curso interrompido por um joelho, 3 livros e incontáveis aulas de solo com o Mestre Luciano (o Mestre Yoda do Parapente, mais novo, menos verde e mais alto), entendo a complexidade do vôo e acredito que o que fiz foi pegar um Airbus A380 após algumas horas de vôo com o Microsoft Flight Simulator. Tive que superar muita coisa para conseguir voltar ao curso, voltar ao vôo, mas consegui dar a volta por cima. Sei que ainda não sei tudo do esporte (esporte não, estilo de vida) e que estou apenas começando, pois agora os vôos de longa distância começam e o entendimento da meteorologia é fundamental, mas sei que estou no caminho certo, cercado de novos amigos e orientado pelo melhor. Avalio o mestre Luciano como professor e posso garantir que se trata de um dos melhores instrutores do planeta, formando pilotos que um dia, se assim desejarem, se tornarão “voadores”. “Voador” é aquele piloto que está na fase da competência inconsciente, tendo a vela como uma extensão de seu corpo, um verdadeiro homem-passáro. Eu ainda chego lá…

“UMA VEZ QUE VOCÊ EXPERIMENTE VOAR, NUNCA MAIS VOCÊ CAMINHARÁ SOBRE A TERRA SEM OLHAR PARA OS CÉUS, POIS LÁ VOCÊ JÁ ESTEVE , E PARA LÁ SUA ALMA DESEJARÁ VOLTAR
LEONARDO DA VINCI

Article Categories:
Parapente

Comments to Minha história com o Parapente

  • Lenilton!! Que coisa louca! Isso realmente me inspira! PERSEVERANÇA. Mais uma vez, um de meus professores me mostram que essa é uma preciosa virtude da vida. Em qualquer situação, não desistir é sempre a melhor opção. Vencer limites. Alcançar, nesse caso literalmente, o céu! 😉

    Ps.: Quando você ficar bem cabuloso no esporte, podia me ensinar, neh? Ow, quero muito! Pura emoção! Alegria, alegria!

    Dayane Souza October 25, 2010 8:11 pm Reply
  • Olá Lenilton, entrei por acaso pois estou procurando cursos e seu blog me motivou muito! A informação contida aqui tirou várias dúvidas que tinha para decidir fazer o curso!

    Obrigado!

    Tárik

    Tárik Favero November 30, 2010 9:11 pm Reply
  • Lenilton,

    Muito bom o seu blog. Gostei desse artigo sobre sua experiência no parapente.
    Estou interessado no esporte e gostaria que você me mandasse o contato do seu instrutor Luciano.
    Agradeço ajuda.
    Abraço

    Renato April 15, 2011 11:52 pm Reply

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *