Oct 13, 2007
126 Views
0 0

Parabéns Al Gore

Written by

Al Gore ganha o Prêmio Nobel da Paz 2007!

[photopress:12gorepc.337.jpg,full,alignleft]Parabenizo a ONU pelo prêmio compartilhado entre Al Gore e o Painel de Mudanças Climáticas da ONU por seus esforços para construir uma nova mentalidade sobre o meio ambiente e difundí-la pelo mundo. Assim, será possível reduzir o estrago que nós fazemos no planeta antes que seja tarde demais, para eles principalmente :). É no hemisfério norte que se encontram os maiores poluidores e será o hemisfério norte o primeiro a sentir seus efeitos. Na verdade, já estão sentindo há algum tempo. Invernos sem neve, rajadas de vento de 180km/h, temperaturas de 50ºC, inundações são algumas das recentes manchetes de jornais na Europa, sem falar dos tufões, furacões e tornados que assolam os EUA. Com certeza, foram estes os catalisadores dessa mudança, mas Al Gore tem sido uma peça fundamental no esclarecimento dessa mudança climática. Segundo o comitê da ONU responsável pela escolha, Al Gore é “o individuo que mais tem contribuído para criar um maior entendimento das medidas necessárias a serem adotadas para resolver a crise climática” (vide artigo “Aquecimento ou Congelamento Global”)
[photopress:an_inconvenient_truth_by_al_gore.jpg,thumb,alignright]O filme “Uma Verdade Inconveniente” é um documentário produzido por ele com trechos de suas palestras pelo mundo e esclarecimentos de fácil entendimento, bem como imagens de como eram, a cerca de 50 anos, algumas regiões do mundo e como estão agora. Esse documentário, ganhador do Oscar 2007, deveria ser de exibição obrigatória em todas as escolas do mundo.
No Brasil, essa nova mentalidade enfrenta resistência pelo fato de ainda termos recursos naturais abundantes e de estarmos livres, por hora, de certos efeitos climáticos extremos, como furacões. Mas já podemos perceber essa mudança no hemisfério sul quando olhamos a evolução da temperatura média brasileira e o aparecimento de tempestades tropicais no sul do Brasil.

Article Tags:
Article Categories:
Meio Ambiente

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *