Dec 19, 2013
61 Views
0 0

Tchau Feliciano. Já vai tarde!

Written by

Eu não consigo entender como essa pessoa pode representar alguém. Nunca vi alguém falar tanta baboseira de uma vez só. Mas, ele foi eleito pelos evangélicos que ele representa. Indiscutivelmente, ele teve os seus 15 minutos de fama. Pronto. Agora, que volte para a escuridão e para o buraco de onde não devia ter saído. E que seus sonhos de reeleição não se realizem. Contudo, São Paulo é um estado esquisito. Depois de dar a tiririca o recorde histórico de votos para deputado federal, mesmo sabendo que o voto era proporcional e do mesmo ter ocorrido com “Meu nome é Enéas”, os paulistanos não me surpreenderiam se o elegessem senador. Nada mais me espanta neste país.

Na última sessão como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP) tem certeza que não será reconduzido ao posto em 2014 e, graças à exposição alcançada no cargo, fala em disputar o Senado no ano que vem. O deputado diz ter certeza que o PT não abrirá mão de presidir a comissão. Feliciano fez um balanço positivo de seu trabalho e que sua passagem pela comissão valorizou o cargo de presidente. “Essa comissão agora vai ser disputada. Colocamos os direitos humanos na pauta das pessoas”. O Brasil viu isso. O deputado comentou também o início tumultuado dos trabalhos, quando militantes de entidades ligadas aos homossexuais enchiam o plenário e as sessões da comissão eram tumultuadas. “Eles apostaram que eu renunciaria, o que não fiz. Fui alvo do ódio e da intolerância, fui atacado na minha igreja e dentro de um avião. Recebi vários processos. Comecei o ano como o inimigo público número um. E termino como um dos cem brasileiros mais influentes segundo uma revista de circulação nacional. Não sendo arrogante, sei que estou muito bem avaliado. O caminho natural seria buscar a reeleição. Não descarto o Senado, mas desde que meu concorrente seja apenas o Suplicy. Ele carrega um nome, ou a mulher dele, que os evangélicos não gostam. Foram muitos embates com a Marta Suplicy nesses anos. Agora, tem o Serra (José Serra), o Kassab (Gilberto Kassab), são nomes fortes.”

Em 2010 Feliciano conseguiu mais de 210 mil votos se tornando um dos dez mais votados, mesmo sem ter tanta exposição na mídia contando apenas com os votos dos evangélicos. Enquanto o partido está apostando suas fichas em uma alta quantidade de votos, Feliciano se mostra menos empolgado. “Não acredito nesse número alto, espero o suficiente”. Contudo, o deputado pastor sabe que as polêmicas protagonizadas o fizeram se tornar conhecido em todo o país e não só no segmento religioso. “A mídia acabou me colocando em destaque e o efeito esperado foi o contrário: acharam que eu iria morrer politicamente, mas agora eu venho com força total”, disse. Deixo vocês com algumas de suas “pérolas”:

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=hikdkxczLv8′]

Eu não consigo entender como essa pessoa pode representar alguém. Nunca vi alguém falar tanta baboseira de uma vez só. Mas, ele foi eleito pelos evangélicos que ele representa. Indiscutivelmente, ele teve os seus 15 minutos de fama. Pronto. Agora, que volte para a escuridão e para o buraco de onde não devia ter saído. E que seus sonhos de reeleição não se realizem. Contudo, São Paulo é um estado esquisito. Depois de dar a tiririca o recorde histórico de votos para deputado federal, mesmo sabendo que o voto era proporcional e do mesmo ter ocorrido com “Meu nome é Enéas”, os paulistanos não me surpreenderiam se o elegessem senador. Nada mais me espanta neste país.

Article Categories:
A Política

Comments to Tchau Feliciano. Já vai tarde!

  • meu caro autor, queria ver seus comentários desta mesma forma com o PAPA Francisco, pois o papa, padres tem ideias semelhantes ao pastor quando referente a muitas coisas..

    davi zaef December 21, 2013 8:54 pm Reply
  • Como o próprio site aqui diz, é questão de opinião, então como diz um amigo: não sabemos quem tem mais dignidade, se o Juiz ou o Réu, mais sei de uma coisa, sei quem me representa, e todos nos temos alguém que nos representa… Paz…

    eliasreis December 24, 2013 4:48 pm Reply
  • Um absurdo, triste e que conheço pessoas que defendem as ações dele alegando que e para o bem da família, que os gays corrompem a nossa sociedade moderna etc… não gosto dele nem como politico nem como pessoa, mas infelizmente ele sera reeleito, já que grande parte dos evangélicos apoiam ele, e se você observar, existe uma igreja evangélica a cada esquina, e tristemente essas pessoas não buscam por sabedoria, não pesquisam e não vão atras de informações reais, se limitando somente a opinião dos seus lideres religiosos, acredite acho que sera uma tendencia daqui em diante termos representantes políticos ligados a lideres religiosos ou sendo o próprio, podemos observar isso no sepultamento da PLC 122, não a um único argumento racional não sendo religioso que impeça a lei de ser aprovada, uma vergonha, fiquei triste em ver que uma parcela da população não sera devidamente defendida somente por questões de politicagem.

    Zudo December 26, 2013 3:02 am Reply

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *