Dec 6, 2007
116 Views
0 0

Tiro no pé

Written by
[photopress:charge_grd_852.jpg,thumb,alignleft] O presidente da Bolívia, Evo Morales, propôs hoje um referendo para consultar a população sobre a revogação ou não de seu próprio mandato e o dos nove governadores do país, a maioria opositores. Morales enviará um projeto de lei ao Congresso nacional para que o órgão convoque “rapidamente” um referendo revogatório.
“Se o povo me mandar embora, não tenho nenhum problema. Sou democrata. O povo dirá quem vai e quem fica para garantir este processo de mudança”, disse o governante, durante uma mensagem à nação no Palacio de Governo, em La Paz. [photopress:charge_grd_847_1.jpg,thumb,alignright] Seu objetivo com o referendo revogatório é verificar se o povo apóia o “processo de mudança” do seu governo. Na sua opinião, a oposição “conservadora” tenta impedir as reformas no país com denúncias internacionais, pois os governadores de Santa Cruz, Tarija, Beni e Cochabamba, todos de oposição, se encontram nos Estados Unidos para denunciar a várias organizações internacionais o que consideram atuações “ilegais” de Morales e seu partido na Assembléia Constituinte e no Congresso.

Tá bom, dessa vez devo admitir que foi um ato de sensatez, embora o tiro possa sair pela culatra, como na Venezuela. Até senti uma pontinha de inveja fos bolivianos. Acho que nós podíamos copiar a idéia do referendo revogatório na metade dos mandatos dos deputados, assim, quem sabe, eles agissem de acordo com o interesse do povo e não do seu próprio…

Article Tags:
Article Categories:
América Latina

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *